Agências da Caixa abrirão uma hora mais cedo segunda e terça-feira

Caixa Econômica Federal
Os clientes e correntistas da Caixa prejudicados pela greve de 31 dias dos bancários ganharão tempo extra para acertar as contas com o banco. As agências da instituição financeira nas cidades onde foi encerrada a greve abrirão uma hora mais cedo na segunda (10) e na terça-feira (11) para agilizar o atendimento.

Nas cidades onde os bancos abrem às 10h, os clientes serão atendidos a partir das 9h e, onde o atendimento começa às 11h, a abertura será às 10h.

Na manhã dessa sexta (7), bancários de todo o país retornaram ao trabalho, depois de mais de um mês parados. Em assembleia realizada nessa quinta (6), os trabalhadores da instituições privadas e do Banco do Brasil aceitaram a proposta apresentada pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) e encerraram a greve, que durou 31 dias.

O acordo, válido por dois anos, inédito, prevê 8% de reajuste no salário em 2016, mais abono de R$ 3,5 mil. No vale-alimentação o reajuste proposto é maior, de 15%. O vale-refeição e o auxílio-creche/babá serão reajustados em 10%. Para 2017, haverá a correção integral da inflação acumulada, mais 1% de aumento real nos salários e em todos os benefícios.

Os bancários também conseguiram o abono dos dias parados e o aumento da licença-paternidade de cinco para 20 dias. A licença, entretanto, vale a partir da definição do benefício fiscal pelo governo.

Apesar do acordo, bancários da Caixa Econômica Federal em capitais de sete estados, como Rio de Janeiro, São Paulo, Amapá e Bahia, e em algumas cidades mantiveram a paralisação nesta sexta até a realização de assembleias.

Arthur Filho critica decisão do STF contra a vaquejada e vê queda de empregos


Arthur Filho critica decisão do STF contra a vaquejada e vê queda de empregos
“Essa decisão do STF vai provocar desemprego, fechar todos os comércios que existem em função das vaquejadas, vai desestimular a criação de animais e ainda acabar com uma tradição cultural e secular do Nordeste”. A declaração foi do deputado estadual Artur Filho. O parlamentar se referiu ao julgamento ocorrido nesta quinta-feira, 6, no Supremo Tribunal Federal (STF) que tornou inconstitucional a lei cearense 15.299/2013, que regulamentava as vaquejadas no estado. Com o entendimento da Corte Máxima do país, a vaquejada agora passa a ser considerada uma prática ilegal, relacionada a maus-tratos a animais e, portanto, proibida.

A vaquejada, segundo Artur Filho, é um esporte, diferentemente, da farra do boi, que foi proibida pelo STF em outro julgamento e já tinha incorporado algumas mudanças em sua condução, justamente, para proteger os animais de maus tratos. “Agora já se usa o protetor de cauda, o boi não perde mais a cauda, temos o rabo artificial, cavalo não é mais cortado, ou seja, as mudanças que foram adequadas para proteger os animais já estão em pleno uso, portanto, o argumento de maus-tratos, que motivou a ação, não se sustenta mais”, destaca o parlamentar que também é criador de cavalos.

Muito comum no Nordeste, a vaquejada é uma atividade competitiva no qual os vaqueiros têm como objetivo derrubar o boi puxando o animal pelo rabo. 

O parlamentar acredita que o comércio será prejudicado com a proibição das vaquejadas: “Sapé, Condado, Santa Luzia, na Paraíba, por exemplo, que tem selarias e que mexem com artigos para cavalo e vaquejada, e Cachoeirinha, em Pernambuco, onde 90% do comércio é voltado para esse segmento, com selas, rédeas, etc. Não vão mais existir empregos de gente humilde, de vendedores, o comércio de bares, etc, tudo vai acabar se essa decisão do STF se mantiver”, declara Artur Filho, lembrando que a saída agora para resolver essa questão e manter essa tradição é o Congresso Nacional constitucionalizar as vaquejadas.

Jovem morre ao bater moto de frente com caminhão baú, na Paraíba; motorista fugiu

Acidente ocorreu em trecho da rodovia PB-073
Um jovem não identificado morreu ao bater de frente uma moto que conduzia com um caminhão baú no município de Sapé, na Zona da Mata da Paraíba, a 42 km de João Pessoa, no início da noite desta sexta-feira (7). Segundo a Polícia Militar da cidade, o motorista do caminhão fugiu com o veículo do local da ocorrência.

De acordo com o sargento Gomes, da PM, o acidente aconteceu na rodovia PB-073, que liga Sapé à cidade de Mari. Conforme explicou o policial, peritos fariam a apuração dos motivos do fato, que não foram definidos até o fechamento desta matéria.

“Não sabemos como ficou o caminhão depois do acidente e não identificamos o condutor, mas ele fugiu deixando para trás uma das placas do veículo, que caiu durante a colisão”, contou Gomes, revelando que o objeto apreendido poderá ser importante para localizar o fugitivo.

Joaquim Barbosa é condenado a pagar R$ 20 mil por ofender jornalista

Joaquim Barbosa é condenado a pagar R$ 20 mil por ofender jornalista
O Tribunal de Justiça do Distrito Federal condenou o ministro Joaquim Barbosa, aposentado do Supremo Tribunal Federal, a indenizar em R$ 20 mil o jornalista Felipe Recondo por danos morais. Por três votos a dois, a corte considerou que, quando Joaquim mandou Recondo “chafurdar no lixo", ofendeu sua honra e causou transtornos inclusive profissionais.

Com a decisão, o TJ-DF reformou a sentença, que havia negado o pedido de indenização de Recondo, à época das ofensas, repórter do jornal O Estado de S. Paulo, hoje sócio do site Jota. A corte também superou uma questão preliminar levantada pelo desembargador Fernando Habibe, segundo a qual Joaquim não poderia responder pelo dano. Como era presidente do Supremo na época, a União é quem deveria responder pela ofensa, de acordo com o desembargador.

A preliminar foi superada por três votos a dois. Venceu o entendimento do relator do caso, o desembargador Cruz Macedo, de que Joaquim não falou como presidente do Supremo ou do Conselho Nacional de Justiça quando destratou o jornalista. A preliminar havia sido levantada por Habibe na segunda-feira (3/10), mas o julgamento foi interrompido porque a câmara que discutia o caso está com um membro a menos. O caso foi definido nesta quinta, com o voto de um desembargador convocado.

Embora tenha levantado a preliminar, no mérito Habibe ficou vencido porque arbitrou a indenização em R$ 35 mil, considerada muito alta. No outro extremo, o desembargador Rômulo de Araújo Mendes, que concordara com a preliminar, queria a indenização em R$ 10 mil. Venceu o “voto médio” do presidente da câmara, Sérgio Rocha.

Com a decisão, o TJ-DF reformou a decisão de primeira instância. Na sentença, o juiz João Luís Zorzo entendeu que a fala de Joaquim não causou maiores danos a Recondo. Para ele, "as profissões de magistrado e de jornalista exigem das pessoas que as exercem postura com nível de tolerância acima do padrão médio, por lidarem com situações de conflito, extremas, próprias da profissão, o que os tornam mais resistentes a descortesias".

Recondo é defendido pelos advogados Danyelle Galvão e Renato Faria, do Faria e Galvão Advogados, e Leonardo Furtado, do Chiaparini Bastos Advogados.

O episódio aconteceu em março de 2013, quando Joaquim Barbosa saía de uma sessão do CNJ. Recondo o interpelou e ensaiou uma pergunta: “Presidente, como o senhor está vendo...” E foi interrompido: “Não estou vendo nada. Me deixa em paz, rapaz! Me deixa em paz! Vá chafurdar no lixo como você sempre faz!”

Recondo estranhou. “O que é isso, ministro? O que houve?”. “Eu estou pedindo, me deixe em paz. Eu já disse várias vezes ao senhor. Várias!”, respondeu o ministro. Recondo insistiu: “Mas eu tenho que fazer a pergunta. É meu trabalho, ministro”. “É, mas eu não tenho nada a lhe dizer. Não sei, não quero nem saber do que o senhor está falando”, ouviu. Em seguida, na entrada do elevador, Barbosa finalizou: “Palhaço!”.

No mesmo dia, a Secretaria de Comunicação Social do Supremo Tribunal Federal publicou nota se desculpando pelo episódio, afirmando que Barbosa, "tomado pelo cansaço e por fortes dores, respondeu de forma ríspida à abordagem feita por um repórter". Segundo a nota, tratou-se de um episódio isolado.

Fim de semana será de calor e temperaturas de até 36°C na PB; veja previsão

Previsão indica calor na PB
A Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa) prevê sol com variação de nuvens para as regiões do Litoral, Agreste e Brejo, durante este sábado (8) e domingo (9), na Paraíba. As temperaturas devem ficar entre 19°C e 36°C.

Na faixa litorânea, a temperatura máxima deverá ficar em torno dos 30°C e a mínima, dos 25°C.

Para a região do Cariri-Curimataú, o tempo deve ser de predomínio de sol. O Alto Sertão e Sertão deve registrar sol com variação de nuvens.

Oposição vai ao STF contra PEC que limita gastos

Oposição vai ao STF contra PEC que limita gastos
A líder da Minoria, deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ), ingressou nesta sexta-feria, 7, com um mandado de segurança no Supremo Tribunal Federal (STF), para suspender a tramitação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 241/16, que limita os gastos públicos para as despesas primárias dos três poderes.

Além da parlamentar, o documento é assinado pelos líderes do PCdoB e do PT e outros parlamentares comunistas. A peça contesta a legalidade da PEC, pois interfere na autonomia administrativa e financeira dos poderes Judiciário e Legislativo, e viola o direito democrático dos próximos cinco presidentes.

De acordo com o documento, a PEC só poderia ser apreciada no Plenário da Câmara após julgamento do mandado pelo Supremo. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), convocou para esta segunda-feira, 10, a votação da matéria.

A PEC 241, encaminhada pelo governo de Michel Temer enquanto ainda ocupava interinamente a Presidência da República, propõe alterações na Constituição Federal para instituir um novo regime fiscal que deve congelar os gastos sociais nos próximos 20 anos. Pelo texto, o aumento das despesas fica limitado à variação da inflação do ano anterior e mudanças só poderão vigorar a partir do 10º ano.

"Temer resolveu colocar na Constituição limites de recursos para as políticas públicas. Ele tira a constitucionalização da saúde, da educação, retira dinheiro de custeio e investimento, ou seja, as estatais não terão mais investimento, os servidores públicos não terão aumento, as políticas públicas vão minguar e vão ser delegadas para onde este governo quer, que é para o mercado", criticou Jandira. 

Segundo a deputada do PCdoB, ao mesmo tempo em que limita despesas essenciais para o funcionamento da máquina pública, a PEC do governo Temer não estabelece nenhum limite de gastos com pagamento de juros da dívida. "Esta é a cara do governo Temer, é a principal pauta dele. É a constitucionalização do orçamento sem povo e da agenda do chamado Estado mínimo: o Estado é mínimo para o povo e o mercado é máximo para os seus lucros. Então, nós vamos sustar porque para além de ele congelar uma política econômica na Constituição, ele invade a competência de outros poderes, além de violar o direito democrático de qualquer futuro presidente poder rever a política econômica sem mexer na Constituição", explica a parlamentar.

Aplicativo traz jogo interativo sobre como combater o Aedes aegypti

Aplicativo ajuda a combater Aedes
O combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, da febre chikungunya e do vírus zika, tem mais um aliado, com o aplicativo Pega Mosquito, desenvolvido pela Empresa de Processamento de Dados Amazonas (Prodam). O aplicativo é uma espécie que jogo no qual o usuário precisa cumprir tarefas que previnem a proliferação do mosquito.

Segundo o chefe da Divisão de Inovação do Prodam, Raphael Marinho, o jogo foi criado a partir da campanha nacional ‘10 Minutos contra a Dengue’ da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), que orienta a população, por meio de uma cartilha, a reservar um tempo, pelo menos uma vez por semana, para eliminar os focos de criadouros do inseto.

“A ideia foi pegar essa cartilha e transformá-la em um minijogo, em que você tem um minuto para cumprir as missões, como verificar o pneu em casa, os vasos e assim por diante. Você vai fazendo essas coisas e vai ganhando uma pontuação. A gente colocou um recurso de 'gameficação' para aumentar o engajamento. A gente quis também promover um ranking onde as pessoas que estão participando sejam colocadas nesse ranking e sejam exibidas para todo mundo”, explicou Marinho.

De acordo com Raphael Marinho, a ideia é envolver crianças e adolescentes no combate ao mosquito. Mas a ferramenta também pode auxiliar profissionais da saúde.

“O foco principal é usar tanto na parte do ensino, nas escolas, ou seja, usar a web com as crianças e promover joguinhos e ensiná-los a combater com todas essas medidas de prevenção, como também focar nos agentes de saúde, se eles quiserem utilizar a web como uma maneira de checar se já foi feito tudo”.

O aplicativo Pega Mosquito por ser baixado em celulares com sistema android, na Google Play Store.

Clientes do Shopping Popular vão ter correspondente bancário

Clientes do Shopping Popular vão ter correspondente bancário
O Centro de Comércio e Serviços do Varadouro (CCSV) ganhou um novo espaço para os consumidores nesta terça-feira (4). É que a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por meio da Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedurb), instalou uma agência do Pag Fácil no local, o que vai facilitar as transações bancárias dos comerciantes e pedestres que passam pelo shopping popular.

A agência está funcionando de segunda a sexta, das 8h às 17h, e no sábado, das 8h às 12h. Com esse novo serviço, a expectativa é que o fluxo de transeuntes no local cresça consideravelmente. De acordo com a administração do shopping, cerca de 2.500 pessoas passam por dia pelo CCSV.

Segundo a secretária de Desenvolvimento Urbano (Sedurb), Vaulene Rodrigues, a idéia é atrair o público para o CCSV e assim movimentar o espaço. “O shopping popular do Varadouro é um dos maiores centros de comércio da cidade e a nossa gestão está criando atrativos para que as pessoas voltem a utilizar o espaço e, assim, movimentar o comércio de lá”, destacou a secretária.

Hoje, o CCSV conta com mais de 600 boxes funcionando, onde o público pode encontrar produtos como brinquedos, eletrônicos, vestuário e utensílios domésticos.

Para a comerciante Glória Honofre, ações como essa devem ajudar a driblar a crise econômica enfrentada pelo mercado. “Além de facilitar nossa vida, afinal, não vamos precisar mais nem sair do trabalho para pagar nossas contas, a gente também reconhece que essa iniciativa da prefeitura deve ajudar nosso comércio a ser visto pela população que passa por aqui”, ressaltou.

Estudantes podem testar conhecimentos no simulado online Hora do Enem

Imagem ilustrativa
O estudante que quer testar os conhecimentos para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) já pode fazer o quarto simulado online da plataforma Hora do Enem. O último simulado antes das provas começou às 8h de hoje (8) e fica disponível até as 19h59 do dia 16 de outubro, na internet. As provas do Enem estão marcadas para os dias 5 e 6 de novembro.

Para acessar a página por computador, telefone ou tablet, é preciso fazer um cadastro no site www.geekiegames.com.br e localizar o teste na aba de simulados.

O quarto simulado tem diferenças em relação às edições anteriores e será ainda mais parecido com o formato de aplicação da prova do Enem. O simulado será dividido em duas provas, somando 180 questões. Como são testes longos, o recomendável é que sejam feitos em dois dias, assim como ocorre no Enem. Obrigatoriamente, é preciso fazer a prova do primeiro dia antes da prova do segundo dia.

A primeira prova tem 90 questões de Ciências Humanas e Ciências da Natureza. As perguntas são sobre História, Geografia, Sociologia, Filosofia, Sociologia, e Física, Química e Biologia. A segunda prova também tem 90 questões sobre Matemática e Lógica, Português, Língua Estrangeira e Artes. Ao iniciar o teste, o estudante precisa escolher uma opção de língua estrangeira.

Depois do dia 17 de outubro, o estudante poderá acessar seu desempenho por área do conhecimento e ver a classificação em comparação com as outras pessoas que fizeram o simulado. Poderá ainda verificar se atingiu ou não a nota de corte do curso que pretende fazer e da universidade na qual espera ingressar.

Cássio defende vaquejada e diz que Congresso pode "constitucionalizar" prática

Cássio defende vaquejada e diz que Congresso pode
Em entrevista ao programa Correio Debate, ontem, o senador Cássio Cunha Lima (PSDB), defendeu a vaquejada, que foi tornada inconstitucional por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) por 6 votos contra 5 na última quinta-feira, 6. "Sou favorável à vaquejada. O que o Congresso pode fazer é constitucionalizar e isso acaba com a discussão. É perfeitamente possível isso. Eu vejo como um esporte, como algo que gera empregos, recursos, faz parte da nossa cultura, mas nada impede que você possa encontrar uma forma de proteger o animal... e geralmente é o boi que vai para a pista e ele não perde a rabichola. E ela é um instrumento de defesa do animal, porque é com ela que ele se protege das moscas, dos insetos, ali, se abanando. Já tem formas de fazer isso", disse o senador do PSDB.

Por 6 votos a 5, os ministros consideraram que a atividade impõe sofrimento aos animais e, portanto, fere princípios constitucionais de preservação do meio ambiente.

O governo do Ceará dizia que a vaquejada faz parte da cultura regional e que se trata de uma atividade econômica importante e movimenta cerca de R$ 14 milhões por ano.

Apesar de se referir ao Ceará, a decisão servirá de referência para todo o país, sujeitando os organizadores a punição por crime ambiental de maus tratos a animais.

Caso algum outro estado tenha legalizado a prática, outras ações poderão ser apresentadas ao STF para derrubar a regulamentação.

Votaram contra a vaquejada o relator da ação, Marco Aurélio, e os ministros Luís Roberto Barroso, Rosa Weber, Celso de Mello, Cármen Lúcia, Ricardo Lewandowski.

A favor da prática votaram Edson Fachin, Gilmar Mendes, Teori Zavascki, Luiz Fux e Dias Toffoli.

Mais de 4 mil estudantes farão prova para estágio do TJPB; consulte locais

Tribunal de Justiça da Paraíba
Um total de 4.547 estudantes se inscreveram em diversas áreas para a seleção de estagiários, que irão atuar no Judiciário Estadual. A prova está marcada para este domingo (9); consulte aqui os locais de prova.

A supervisora do CIEE na Paraíba, Andréa Cruz, informou que só na Capital, que corresponde ao Polo 1, envolvendo os municípios de Cabedelo, Santa Rita, Bayeux e Alhandra, se inscreveram 3.241 candidatos. Os cursos que obtiveram o maior número de inscritos foram: Direito, com um total de 1.599 pessoas. Em seguida, Engenharia Civil com 270; Psicologia 190; Ciências Contábeis 170 e Administração com 158 inscritos.

A supervisora Andrea Cruz informou que as expectativas para mais um processo seletivo, é de que o CIEE possa encaminhar para o Tribunal de Justiça da Paraíba grande parte dos inscritos que irão concorrer as vagas oferecidas para estagiários.

As provas para a seleção estão previstas para ocorrer no mesmo dia e horário, em cinco locais: João Pessoa, Guarabira, Campina Grande, Patos e Sousa.

São oferecidas vagas destinadas para estudantes de 21 cursos. São eles, Administração, Arquitetura, Arquivologia, Biblioteconomia, Ciências Econômicas, Comunicação Social com habilitação em Jornalismo, Publicidade e Propaganda e Relações Públicas, Direito, Educação Física, Engenharia Civil, Estatística, Fisioterapia, Informática (nível superior), Informática, (Nível Técnico Profissionalizante), Pedagogia, Psicologia, Serviço Social, Tecnologia em Gestão Pública e Turismo, sendo que 10% das vagas serão destinadas a pessoa com deficiência.

O estágio é direcionado, exclusivamente, a estudantes com idade acima de 16 anos, matriculados e com frequência em dia, em instituições de ensino reconhecidas pelo Ministério da Educação (MEC). Os classificados às vagas deverão, quando do ato de chamamento, estar matriculados no 5º período em diante ou equivalente, para os cursos com graduação em dez (10) períodos ou 05(cinco) anos e no 3º período em diante ou ou equivalente, para os cursos com graduação em 08|(oito) períodos ou 04 (quatro) anos.

Os estudantes selecionados vão atuar em diversas cidades do Estado da Paraíba e, para tanto, receberão uma bolsa-auxílio no valor de R$ 501, 61, além de R$ 41,80 de auxílio -transporte, para uma jornada de trabalho de 4 horas diárias de estágio, no horário de funcionamento do Poder Judiciário.

Campina Grande faz 152 anos com feriadão de cinco dias; veja 'abre e fecha'

Campina Grande
Campina Grande faz 152 anos na próxima terça-feira (11), mas o feriadão de cinco dias já começou nessa sexta (7). Isso porque a prefeitura transferiu o Dia do Servidor Público de 28 para 10 de outubro, fazendo com que uma parte dos campinenses possa aproveitar uma folga prolongada até a quarta-feira (12), dia de Nossa Senhora Aparecida.

Comércio, Shopping e Bancos

Segundo o Sindicato do Comércio Varejista de Campina Grande (Sindilojas), as lojas tem o livre arbítrio de escolher se vão ou não funcionar na terça (11) e quarta-feira (12). As empresas que pretenderem utilizar os trabalhadores no feriado desses dois dias poderão fazê-lo, desde que os comunique, com uma antecedência mínima de 48 horas, sobre a escala de trabalho do referido feriado. 

Além disso, a empresa que tenha em seu quadro funcional até 10 trabalhadores pagará, no fim do expediente, mediante recibo, como ajuda de custo, a quantia de R$ 33 a cada um que for convocado por dia, independente de receberem salário fixo ou variável; as empresas que tenham em seu quadro funcional mais de 10 trabalhadores pagarão, no final do expediente, a quantia de R$ 40.

O shopping Partage funciona na terça (11) e quarta-feira (12), no horário de domingo; as lojas abrem das 14h às 20h e a praça de alimentação, das 11h às 22h.

Os bancos funcionam normalmente nesta segunda-feira (10), mas fecham na terça-feira (11) e na quarta-feira (12).

Rodoviária

O Terminal Rodoviário Argemiro de Figueiredo em Campina não informou a previsão de embarques e desembarques na cidade para este feriadão. Porém, a administração orientou que os passageiros cheguem com antecedência para evitar problemas com filas e bagagens.

A empresa Real Bus, que faz a linha Campina Grande - João Pessoa informou à TV Correio que disponibiliza ônibus extras para saídas a cada meia hora para a Capital. Segundo a empresa espera alta de 40% nos embarques para João Pessoa neste fim de semana estendido.

Polícia Civil emprega mais de mil policiais para segurança das eleições na PB

A Polícia Civil da Paraíba vai trabalhar com o reforço de 1.062 homens e mulheres distribuídos em 230 equipes, entre delegados, agentes de investigação e escrivães durante as eleições deste ano. O efetivo será deslocado para as maiores cidades do Estado, juntamente com as equipes de plantão e expediente, atuando em ocorrências de crimes comuns e nas ocorrências eleitorais, de forma supletiva, nas cidades em que não haverá cobertura da Polícia Federal.

O trabalho da Polícia Civil ainda vai contar com plantão de delegacias especializadas, como Homicídios, Repressão a Entorpecentes (DRE), a de Repressão de Crimes contra o Patrimônio (Roubos e Furtos) e Grupo de Operações Especiais (GOE) e Grupos Táticos Especiais (GTE).

De acordo com o delegado geral adjunto da Polícia Civil da Paraíba, Isaías Gualberto, gestores da instituição estarão presentes a partir da sexta-feira (30) também nos Centros Integrados de Comando e Controle (CICC) nas cidades de João Pessoa, Campina Grande e Patos, juntamente com outras instituições e juízes eleitorais. “Esses Centros funcionam em todas as eleições desde o início desta gestão, a fim de monitorar as ocorrências em tempo real e atendê-las da forma mais ágil possível. Ainda segundo o delegado, nas eleições passadas, somente no 2º turno, a Polícia Civil foi responsável pela instauração de 69 procedimentos eleitorais e 369 procedimentos de crimes comuns”, frisou.

Bancários mantém greve, depois de reunião com banqueiros

A reunião da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) com a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) desta terça-feira (27) terminou sem acordo, e os bancários decidiram manter a greve. Uma nova rodada de negociações foir marcada para quarta-feira (28), às 15h.

No 22º dia de greve, 13.449 agências e 36 centros administrativos tiveram as atividades paralisadas, segundo o último balanço da Contraf-CUT. É a greve mais longa já realizada pela categoria dos bancários.

A adesão ao movimento na Paraíba atinge 90,58% das agências, de acordo com balanço do Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos Bancários no estado (Seeb-PB). Ainda segundo o sindicato, em todo o estado, das 138 agências existentes, 125 aderiram à greve.

Voto útil é mais comum entre eleitores de baixa escolaridade

Quanto menos anos de estudo e menor a classe social do eleitor, maior a disposição de votar no candidato com mais chances de vencer, mostra pesquisa Ipsos. De acordo com dados do EGM Multimídia (Estudo Geral de Meios), a ideia de voto útil, em que o eleitor faz sua escolha para não desperdiçar seu voto, é adotada por de 19% daqueles com até nove anos de estudo, ante 9% de adesão entre aqueles com superior completo.

A mesma dinâmica é vista na análise por classe social. Entre os pesquisados das classes C e D, a taxa de concordância com a frase “Eu voto no candidato que vai ganhar para aproveitar meu voto” é de 18%, contra 12% entre as classes A e B.

Os dados fazem parte de levantamento do Estudo Geral de Meios (EGM), realizado pela Ipsos com 31.096 entrevistas presenciais com homens e mulheres acima de 18 anos em nove regiões metropolitanas entre julho de 2015 e junho deste ano. As regiões monitoradas foram São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Curitiba, Belo Horizonte, Brasília, Salvador, Recife e Fortaleza. A margem de erro é 0,56% para mais ou para menos.

Na análise por faixa etária, os mais velhos são mais inclinados a fazer uso do voto tático, com 16% de concordância daqueles com mais de 45 anos, ante somente 14% entre aqueles de 18 a 24 anos. Na média das nove regiões metropolitanas, 15% dos entrevistados afirmam votar no candidato com mais chances de ganhar.

“O voto de uma pessoa deveria representar identificação ou pelo menos concordância ideológica com o candidato. O voto tático se dá em situações onde a opinião funcional é mais importante que a convicção”, explica Diego Pagura, diretor de negócios da Ipsos Connect, responsável pelo EGM. “O estudo do EGM Multimídia reflete bem este comportamento e segmenta os diferentes perfis. Os candidatos precisam estudar em profundidade o perfil dos seus eleitores para saber lidar com o voto tático, seja a favor ou contra si”, complementa o executivo.

Flamengo perde em casa e é eliminado pelo Palestino na Sul Americana

O Flamengo perdeu para o Palestino, por 2x1, e foi eliminado da Copa Sul Americana, na noite dessa quarta-feira (28). 

Os gols da partida foram marcados aos 32 do primeiro tempo, por Cereceda, para o Palestino, que ampliou o placar aos 46 minutos, com Valencia. O gol do Flamengo saiu de pênalti, aos 20 minutos do segundo tempo, com Alan Patrick.

Com o resultado, o Flamengo segue com a sina de ser eliminado em competições internacionais. Agora, o time carioca volta às atenções para a reta final do Campeonato Brasileiro.

Mais de 4 mil estudantes vão fazer a prova de seleção de estágio do TJPB

Um total de 4.547 estudantes se inscreveram em diversas áreas para a seleção de estagiários, que irão atuar no Judiciário Estadual. A prova está marcada para o dia 9 de outubro, em locais a serem divulgados pelo Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE), responsável pela realização do processo seletivo, através do endereço eletrônico www.ciee.org.br. A seleção é para cadastro de reservas. 

A supervisora do CIEE na Paraíba, Andréa Cruz, informou que só na Capital, que corresponde ao Polo 1, envolvendo os municípios de Cabedelo, Santa Rita, Bayeux e Alhandra, se inscreveram 3.241 candidatos. Os cursos que obtiveram o maior número de inscritos foram: Direito, com um total de 1.599 pessoas. Em seguida, Engenharia Civil com 270; Psicologia 190; Ciências Contábeis 170 e Administração com 158 inscritos.

A supervisora Andrea Cruz informou que as expectativas para mais um processo seletivo, é de que o CIEE possa encaminhar para o Tribunal de Justiça da Paraíba grande parte dos inscritos que irão concorrer as vagas oferecidas para estagiários.

As provas para a seleção estão previstas para ocorrer no mesmo dia e horário, em cinco locais: João Pessoa, Guarabira, Campina Grande, Patos e Sousa. Até o dia 5 de outubro, a empresa responsável deverá divulgar os locais de realização do certame, através do site (www.ciee.org.br).

Estão sendo oferecidas vagas destinadas para estudantes de 21 cursos. São eles, Administração, Arquitetura, Arquivologia, Biblioteconomia, Ciências Econômicas, Comunicação Social com habilitação em Jornalismo, Publicidade e Propaganda e Relações Públicas, Direito, Educação Física, Engenharia Civil, Estatística, Fisioterapia, Informática (nível superior), Informática, (Nível Técnico Profissionalizante), Pedagogia, Psicologia, Serviço Social, Tecnologia em Gestão Pública e Turismo, sendo que 10% das vagas serão destinadas a pessoa com deficiência.

O estágio é direcionado, exclusivamente, a estudantes com idade acima de 16 anos, matriculados e com frequência em dia, em instituições de ensino reconhecidas pelo Ministério da Educação (MEC). Os classificados às vagas deverão, quando do ato de chamamento, estar matriculados no 5º período em diante ou equivalente, para os cursos com graduação em dez (10) períodos ou 05(cinco) anos e no 3º período em diante ou ou equivalente, para os cursos com graduação em 08|(oito) períodos ou 04 (quatro) anos.

Os estudantes selecionados vão atuar em diversas cidades do Estado da Paraíba e, para tanto, receberão uma bolsa-auxílio no valor de R$ 501, 61, além de R$ 41,80 de auxílio -transporte, para uma jornada de trabalho de 4 horas diárias de estágio, no horário de funcionamento do Poder Judiciário.

Candidato a vice-prefeito sofre emboscada e tem carro crivado de balas, na Paraíba

Um candidato a vice-prefeito foi vítima de uma emboscada e tentativa de homicídio quanto iria visitar um sítio durante atividades de campanha, na noite dessa terça-feira (27), no município de São José de Caiana, no Sertão paraibano. Não houve feridos durante a ação, mas o carro dirigido pela vítima ficou crivado de balas.

De acordo com o 13º Batalhão de Polícia Militar em Itaporanga, responsável pelo policiamento na região, o candidato estava na companhia de outra pessoa e se dirigia de carro para um sítio, quando foi abordado por dois homens encapuzados.

Na ação, os bandidos, que não foram identificados, pediram para que o candidato parasse o veículo e efetuaram diversos disparos de arma de fogo, atingindo toda a parte da frente do carro, mas sem conseguir ferir as vítimas.

“Os encapuzados dispararam contra o veículo, que ficou crivado de balas, mas não feriram ninguém. Ao notar que os bandidos estavam sem balas nas armas, o candidato deu marcha a ré e conseguiu fugir”, afirmou a PM.

Ao Portal Correio, a Delegacia de Polícia Civil em Itaporanga confirmou que está investigando o caso e que as vítimas já prestaram depoimento.

“Estamos com investigação em curso e vamos tentar identificar quem foram os responsáveis pelos disparos. Pela maneira, pode ser crime com ligações políticas”, afirmou a Polícia Civil.

Ricardo Porto assume presidência do Tribunal de Justiça

O desembargador Ricardo Porto assumiu interinamente, nesta quarta-feira (28), a Presidência do Tribunal de Justiça da Paraíba, em virtude do afastamento do presidente Marcos Cavalcanti, que viajou hoje à tarde a Manaus para participar do 108º Encontro do Conselho de Tribunais de Justiça.

O desembargador Ricardo Porto permanecerá na Presidência do TJPB até a próxima terça-feira, dia 4 de outubro. Na Presidência, Porto cumprirá agenda administrativa inerente ao cargo de chefe do Poder Judiciário, inclusive, irá presidir a sessão ordinária desta quarta-feira (28) do Tribunal Pleno.

Já o presidente licenciado, Marcos Cavalcanti, participará do Encontro do Conselho, que ocorrerá nesta quinta (29) e sexta-feira (30), na Capital do Estado do Amazonas. Esta será a sexta vez que Manaus sediará a reunião do CTJ, e, na ocasião, serão debatidos temas de grande relevância para o Poder Judiciário.

CIEE anuncia 2 mil vagas para jovens que buscam 'primeiro emprego'; veja como concorrer

Estão abertas inscrições para 2 mil vagas no Programa Aprendiz Legal. De acordo com o Ciee, as oportunidades são distribuídas em todo o país. Podem concorrer às vagas estudantes do ensino fundamental ou médio e com idade entre 14 e 24 anos. A contratação prevê carteira assinada e capacitação na área de atuação do escolhido. Para concorrer, os interessados devem se inscrever no site do Ciee.

Os cursos de capacitação teórica ministrados pelo CIEE são oferecidos em diversas modalidades. O CIEE também oferece uma série de benefícios adicionais gratuitos aos aprendizes como: lanches, palestras, oficinas, passeios culturais, atividades esportivas, apoio de assistentes sociais que interagem com as famílias dos jovens e com as empresas, entre outros.

“Este é um bom momento para o jovem se inserir nesse programa que une a prática realizada dentro das corporações à capacitação teórica na área específica de atuação, ministradas no CIEE, com material didático desenvolvido pela Fundação Roberto Marinho, nossa parceira no programa. Além de ganhar experiência e conhecimento, o salário recebido o ajudará a custear as despesas escolares e atuar com uma jornada máxima de seis horas por dia”, afirma Luiz Gonzaga Bertelli, presidente do Conselho de Administração do CIEE. 

Programa Aprendiz Legal

Com mais 73 mil aprendizes em capacitação no país, o Ciee conta com um amplo cadastro de jovens, além de ser uma instituição certificadora, habilitada a ministrar os cursos teóricos de capacitação durante a vigência do contrato de aprendizagem. O Aprendiz Legal é um programa de inclusão social, que insere jovens no mercado de trabalho, de acordo com a Lei 10.097/00 que obriga as empresas a contratarem cotas de aprendizes.

Obama nomeia embaixador em Cuba após mais de meio século

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, nomeou nessa terça-feira (27) o primeiro embaixador norte-americano em Cuba, após mais de 50 anos de relações diplomáticas rompidas. Obama escolheu o diplomata Jeffrey DeLaurentis, já encarregado pela Secretaria de Estado dos negócios com Cuba desde agosto de 2014. A nomeação, porém, precisa ser ratificada pelo Senado, que pode demonstrar certa oposição à medida, como já antecipou o senador republicano pela Florida Marco Rubio e o texano Ted Cruz. A informação é da Agência Ansa.

"Hoje, estou orgulhoso de nomear Jeffrey DeLaurentis para ser o primeiro embaixador norte-americano em Cuba em mais de 50 anos. A liderança de Jeff tem sido vital para a normalização das relações entre os Estados Unidos e Cuba", disse Obama. "Não há figura pública melhor para impulsionar nossa habilidade em engajar o povo cubano e para defender os interesses norte-americanos em Cuba".

A informação foi confirmada ontem pela Casa Branca, seis meses após a histórica visita de Obama à ilha, que se tornou o primeiro mandatário norte-americano a pisar em solo cubano em quase 90 anos. Durante a visita, ele se encontrou com o presidente Raúl Castro, mas não com o irmão e líder da Revolução Cubana, Fidel Castro. O último presidente a visitar Cuba tinha sido John Calvin Coolidge Jr. no final dos anos 1920.

A indicação de um novo embaixador em Havana é mais um passo de reaproximação entre os dois países, que anunciaram que retomariam as relações em 17 de dezembro de 2014, depois de meio século de desavenças políticas e graças a mais de 18 meses de negociações secretas mediadas pelo papa Francisco e pelo governo do Canadá. Em julho do ano passado, os dois países reabriram suas respectivas embaixadas e, desde então, uma série de medidas foram tomadas, como a retomada de voos comerciais e a navegação de navios de cruzeiros. Apesar dos avanços, Obama ainda não conseguiu retirar o embargo econômico a Cuba, nem avançar nas negociações sobre o status dos dissidentes políticos e do respeito aos direitos humanos na ilha.

Ricardo entrega Barragem Nova Camará beneficiando 225 mil habitantes

O governador Ricardo Coutinho inaugurou, nesta segunda-feira (26), a obra da Barragem Nova Camará, em Alagoa Nova, beneficiando aproximadamente 225 mil habitantes de mais de 20 municípios paraibanos, que sofreram com o rompimento da antiga barragem em 2004, quando mais de 800 famílias ficaram desabrigadas, quatro pessoas mortas e cidades destruídas. Mesmo antes de inaugurada, a Nova Camará já vinha sendo considerada a redenção de toda região do Brejo. Os investimentos ultrapassam R$ 48,6 milhões. Ricardo também entregou a primeira etapa do Sistema Adutor Nova Camará, que levará água de boa qualidade da barragem para mais de 48 mil habitantes. A vice-governadora Lígia Feliciano, o deputado federal Damião Feliciano, deputados estaduais, auxiliares do Governo e lideranças da região também participaram da inauguração.

Na ocasião, o governador caminhou pela obra e comentou que, após 12 anos da tragédia, Camará ressurge totalmente reconstruída e segura. Camará começou a ser reconstruída em 2012 e tem capacidade para acumular 26 milhões de metros cúbicos de água. “Essa barragem tem uma história trágica que causou mortes e destruição, devido a omissão de algumas partes. Quando entrei no Governo, sabia que era preciso reconstruir essa obra para o bem da população. Hoje, tenho a honra e felicidade de estar aqui inaugurando a Barragem Nova Camará, que representa R$ 48 milhões em investimentos. Estamos escrevendo uma nova página para a história de Camará. E nesta segunda, também é um dia histórico porque tanto Esperança quanto Remígio já passam a receber a água de Camará, através da primeira etapa do Sistema Adutor Nova Camará. Esse era um dos grandes desafios que essa gestão tinha e que conseguimos cumprir”, pontuou.

Ricardo também falou sobre a chamada Primavera das Águas, um conjunto de obras que estão sendo entregues promovendo a segurança hídrica no Estado. “Já inauguramos a adutora de Natuba, Aroeiras, Conceição, Areia, Camará e esta semana ainda devo entregar a adutora de Jandaia, que significam R$ 280 milhões investidos. Ou seja, é muita coisa para a Paraíba festejar na área de recursos hídricos. São 1.100 km de adutoras entre as inauguradas e as que estão sendo feitas pelo Estado”, falou.

De acordo com secretário de Infraestrutura, Recursos Hídricos, Meio Ambiente, Ciência e Tecnologia, João Azevedo, a obra trará para a região a tão sonhada segurança hídrica. “Hoje é um dia histórico para o povo e para quem trabalha neste Governo. A Barragem Nova Camará está pronta e entregue. Nós nos preocupamos também em elaborar e começar uma implantação de adutoras que estão em execução e levarão água de Camará para as cidades. Então é uma obra de extrema importância para os moradores das redondezas. Esta semana a água da Barragem Nova Camará já vai chegar para Remígio e Esperança. Essa gestão trabalha muito para levar esse líquido precioso até as residências da população”, afirmou.

Algodão de Jandaíra, Alagoa Nova, Areial, Campinote, Cepilho, Esperança, Chã de Marinho, Floriano, Jenipapo, Puxinanã, Lagoa Seca, Matinhas, São Tomé, Lagoa do Mato, Pocinhos, Remígio, São Miguel e São Sebastião de Lagoa de Roça serão beneficiados com a entrega da Barragem Nova Camará.

Já a primeira etapa do Sistema Adutor Nova Camará representa um investimento de R$ 28 milhões e beneficia Remígio e Esperança. Quando for concluído o sistema atenderá mais 11 municípios: Alagoa Nova, Alagoa Grande, Algodão de Jandaíra, Arara, Areial, Lagoa Seca, Matinhas, Montadas, Pocinhos, Puxinanã e São Sebastião de Lagoa de Roça.

“A Barragem Nova Camará tem um significado ímpar para a sociedade. O rompimento da obra deixou marcas trágicas e agora a história será reiniciada de forma segura. Nova Camará ressurge e vai garantir água para toda essa região. O Governo do Estado está de parabéns por esta obra grandiosa”, pontuou o deputado estadual Gervásio Maia Filho.

Calor aumenta e temperatura pode chegar a 36º C na Paraíba; veja previsão

A Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa) prevê sol com variação de nuvens para todo o setor leste do Estado, que compreende as regiões do Agreste, Brejo e Litoral, nesta terça-feira (27).

Já para a região do Semiárido (Alto Sertão, Sertão e Cariri-Curimataú), a previsão é de predomínio de sol, com máxima de 36º C e mínima de 22º C no Sertão. Confira a temperatura para as demais regiões nesta terça-feira:

Litoral – máxima de 30º C e mínima de 25º C

Brejo – máxima de 28º C e mínima de 19º C

Agreste – máxima de 30º C e mínima de 19º C

Cariri-Curimataú – máxima de 34º C e mínima de 18º C

Alto Sertão – máxima de 36º C e mínima de 22º C

Taxa de sobrevivência das empresas da PB permanece acima de três regiões

Mesmo em cenário de dificuldade, a taxa de sobrevivência das empresas paraibanas cresceu na passagem de 2013 para 2014, segundo a pesquisa Demografia das Empresas divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) na última semana. O índice subiu de 81,6% para 83,4% no período, quando o número de empresas ativas em 2014 era de 50.963 e 42.480 sobreviveram naquele ano, o que representa 83,4% do total. A Paraíba alcançou a terceira maior média da região Nordeste, mas o índice permaneceu acima das do Norte (80,7%),Centro-Oeste (82,4%) e Nordeste (82,7%), assim como no ano anterior.

Segundo o Estudo “Demografia das Empresas” do IBGE, as três maiores taxas da Região ficaram próximas: Ceará (83,6%), Sergipe (83,5%) e Paraíba (83,4%). As menores médias da Região foram dos Estados do Maranhão (81,8%), da Bahia (82,7%) e do Piauí (83,1%).

A pesquisa do IBGE também abordou o percentual de pessoas ocupadas em empresas ativas (ou sobreviventes) nas unidades da federação. Em 2014, a taxa paraibana de pessoas ocupadas também ficou em terceiro lugar no Nordeste. Ou seja, das 365.753 pessoas que trabalhavam naquele ano, 351.023 pessoas permaneceram ocupadas nas empresas ativas, o que representa 96% do total, índice superior à média das regiões Nordeste (94,5%), Norte (94,8%) e Centro-Oeste (95,6%) e semelhante ao do país (96%).

Entenda como funciona a segurança da urna eletrônica

A proximidade das eleições municipais deste ano, que ocorrem neste domingo (2), gera questionamentos nos eleitores quanto à segurança da urna eletrônica. Veja abaixo como ela é preparada.

De acordo com o gerente de preparação das urnas no Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB), Adailton Ventura, o principal fator de segurança dos equipamentos é a não conexão com a internet, que impossibilita a ação de hackers.

“A urna eletrônica é um equipamento que usa o mais alto grau de segurança em informática. O processo de segurança da votação é mais do que a urna eletrônica. Ele envolve o registro de candidatos e eleitores e a biometria do eleitor. A urna utiliza mecanismos de segurança avançados, como a assinatura digital e criptografia. É impossível um hacker invadir a urna porque ela não é conectada na internet”, afirmou o gerente.

Jornais são proibidos de noticiar candidato por elogiá-lo demais

Os jornais paranaenses Folha de Rio Branco e Jornal Expresso foram proibidos de produzir notícias sobre o candidato a prefeito de Rio Branco do Sul, Cezar Gibran Johnsson, e seu vice, João Leomar Gueno, por elogiarem demais a dupla ao mesmo tempo em que criticam os adversários. A decisão liminar é do juiz Sígret Heloyna R. de Camargo Vianna, da 156ª zona eleitoral do estado.

A ação foi movida pela Coligação Novo Tempo (PDT, PRTB, PHS, SD, PPS, PV e PTN), que viu favorecimento indevido aos réus pelos jornais, além de falta de imparcialidade dos veículos de comunicação. O grupo disse também que a Folha de Rio Branco opera irregularmente, pois seu CNPJ está inativo, o que invalidaria a distribuição do material impresso e a divulgação online das notícias.

Ainda sobre o jornal, alegam que o diretor da publicação é funcionário comissionado da administração municipal. A coligação pediu a suspensão da circulação dos jornais e, em caso de já terem sido distribuídas ou divulgadas, a busca e apreensão do material.

Na questão do CNPJ, o juiz afirmou que a Folha de Rio Branco atua irregularmente por estar com o registro empresarial inativo. “O periódico retomou as publicações, até então suspensas, conferindo à grande maioria de suas matérias conteúdo que beneficia, senão o candidato representado Gibran, sua gestão. Outro ponto a indiciar alguma conduta questionável é o fato do diretor fundador ser servidor público”, complementou.

Sobre o Jornal Expresso, apesar de confirmar a existência de notícias positivas que favorecem os candidatos Cezar Gibran e João Gueno, o julgador não concordou com a suspensão da circulação das edições. “Tenho que impedir a circulação de jornal local se mostra demasiadamente severo; de tal sorte que a liminar há de ser deferida apenas para o fim de proibir a veiculação, nas edições que seguirem, inclusive na do mês de setembro corrente, ainda não distribuída, de qualquer propaganda eleitoral espontânea, positiva ou negativa, a não ser a paga dentro dos ditames e medidas legais.”

Desse modo, Vianna determinou que os jornais se abstenham de produzir material sobre Cezar Johnsson e João Gueno, além de exigir o depósito em juízo dos exemplares não distribuídos. Também decidiu que a prefeitura de Rio branco do Sul deve enviar a folha de ponto do editor da Folha de Rio Branco.

Ministério da Saúde libera mais de R$ 1,1 milhão para ampliação de UBS na Paraíba

Moradores de seis municípios paraibanos vão ser beneficiados com a liberação de R$ 1,1 milhão para construção e ampliação de oito Unidades Básicas de Saúde (UBS). Os novos recursos fazem parte do Programa de Requalificação de Unidades Básicas de Saúde (Requalifica UBS), do Ministério da Saúde.

Vão ser beneficiados os municípios de: Fagundes, Sertãozinho, Puxinanã, Nova Floresta, Belém e Sapé.

Os recursos estão previstos no âmbito do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) e são repassados aos Fundos Municipais de Saúde, por meio do Bloco de Investimentos na Rede de Serviços de Saúde e do Bloco de Atenção Básica em Saúde, de cada região contemplada.

MPF denuncia prefeito de Emas por fraude licitatória

O Ministério Público Federal (MPF) ofereceu denúncia contra o prefeito do município de Emas, na Paraíba, José William Segundo Madruga, por participação no esquema de fraudes para execução da obra de construção da Escola Municipal Maria das Neves Parente Miranda. A investigação concluiu que o prefeito, ao lado de comparsas, direcionou a licitação para uma empresa de fachada, a AJS Pavimentação de Estradas. Por meio desse processo, ele desviou recursos para favorecimento próprio, de parentes, amigos, funcionários da prefeitura e dos cúmplices do esquema, que forneceram as empresas fictícias para o processo licitatório no intuito de ocultar a execução da obra por Diogo Almeida, amigo do prefeito. A denúncia, oferecida ao Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5), pede, ainda, a condenação de outras 12 pessoas envolvidas na fraude.

De acordo com a denúncia, o prefeito Segundo Madruga teria apresentado a proposta de construção da Escola Municipal Maria das Neves Parente Miranda, no município de Emas, com o intuito de beneficiar Diogo Almeida, também denunciado. Os laços de amizade entre os dois, inclusive, eram conhecidos da sociedade e alardeados em redes sociais. A esposa de Diogo Almeida, Marcella Almeida, envolvida na fraude, também cuidava do andamento da obra, tendo elaborado o projeto arquitetônico. A construção da escola foi orçada em cerca de R$ 1 milhão e contou com recursos federais repassados por meio do convênio nº 29828/2014, com verbas oriundas do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

Para concretizar o plano, foi utilizada a empresa de fachada AJS Pavimentação de Estradas e Construções Ltda., que conseguiu vencer o certame graças às articulações ilícitas promovidas por Segundo Madruga. Nessa parte, o prefeito contou com a colaboração do presidente da Comissão de Licitação do Município à época, Kelner Araújo, bem como de José Aloysio Júnior, José Aloysio Neto e Joílson Gomes, para ajustar um acordo com os administradores das demais empresas licitantes que possibilitasse o direcionamento em favor da AJS. Cada uma teria recebido o pagamento de vantagens para se afastarem da licitação, abrindo caminho para a vitória da AJS na Tomada de Preço nº 03/2014.

O desvio de recursos foi realizado com a utilização da conta da empresa AJS para recebimento dos valores. Para dissimular as movimentações financeiras ilícitas, os acusados utilizaram várias manobras. Logo após creditados na conta da empresa, os recursos eram sacados e entregues aos reais beneficiários envolvidos no ato ilícito, algumas vezes mediante triangulação, outras diretamente. Na denúncia, o MPF conclui que o esquema de desvio de recursos públicos federais e de lavagem de capitais foi executado em todas as sete parcelas pagas, até o momento, para a construção da Escola Municipal Maria das Neves Parente Miranda.

O prefeito José William Segundo Madruga está sendo denunciado por desvio de recursos públicos federais, cuja pena pode chegar a doze anos de reclusão, lavagem e ocultação de valores, com pena máxima de dez anos de reclusão, fraude em licitação, com pena máxima de quatro anos de detenção, e associação criminosa. No início de setembro, Segundo Madruga já havia sido afastado do cargo e preso temporariamente, pela Polícia Federal, em decorrência da Operação Veiculação, deflagrada pelo Ministério Público Federal para apurar desvio de recursos na locação de veículos às prefeituras de Patos e Emas, na Paraíba, mediante a contratação fraudulenta da empresa Malta Locadora, sediada em Pernambuco.

Os demais denunciados são: Diogo Antônio de Almeida Barbosa Pereira, Marcella Cavalcanti de Sá Almeida, Joilson Gomes da Silva, José Aloysio da Costa Machado Neto, José Aloysio da Costa Machado Júnior, Maria Virgínia Gomes Koerner Pereira, Kelner Araújo de Vasconcelos, Valdéria Soares Costa Simões, Paulo César Leite, Maxwell Brian Soares de Lacerda, Anderson Natan Fernandes Escarião e André Luis Lins Alves.

Lojas Americanas abrem inscrições para programa de estágio; veja como concorrer

As Lojas Americanas estão com inscrições abertas para estágio de nível superior em todo país. Podem participar do processo seletivo estudantes nas áreas de Administração, Ciências Contábeis, Comunicação Social, Economia, Engenharia de Produção e Marketing, com previsão de conclusão do curso para julho de 2017. Interessados devem se inscrever até 31 de outubro, no site do programa de estágio.

O processo seletivo inclui análise de currículos, testes online, entrevistas com profissionais de Recursos Humanos e entrevistas com gestores. A previsão é de que os novos estagiários da rede de lojas sejam contratados entre janeiro e fevereiro de 2017. Os candidatos devem ter disponibilidade para trabalhar 30 horas semanais flexíveis.

A empresa não divulgou valores das bolsas ofertadas, mas disse que os selecionados “receberão salário e benefícios compatíveis com o mercado”. O estágio vai durar seis meses, período em que os universitários passarão por intenso programa de treinamento. Quem desenvolver boas habilidades terá grande chance de efetivação, segundo as Lojas Americanas.

Temer repreende, mas não demite Moraes por vazar operação da Lava Jato

Apesar de ser aconselhado por assessores a demitir seu ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, o presidente Michel Temer avaliou que tomar essa medida seria uma admissão oficial de que seu assessor vazou uma operação da Lava Jato e decidiu mantê-lo em sua equipe.

Irritado com as declarações de Moraes, dadas no domingo (25) afirmando que "nesta semana" haveria mais uma fase da Lava Jato, Temer cobrou explicações.

Os dois se falaram por telefone, quando Moraes repetiu o que já dissera momentos antes à imprensa, que sua intenção era dizer que as operações não iriam parar nem ter interferência do governo.

Ele disse só ter sido informado da nova etapa da Lava Jato, que prendeu o ex-ministro Antonio Palocci, quando a operação já estava sendo realizada nesta segunda (26).

Segundo assessores, Temer aceitou as explicações, mas cobrou dele que pare de dar declarações "desastrosas" e seja mais "cuidadoso".

A Folha apurou que alguns interlocutores do presidente defenderam a demissão do ministro da Justiça, para dar um exemplo de que nem os amigos dele seriam poupados em caso de gerar confusões.

Pesou, porém, a avaliação feita por assessores com o presidente de que, em primeiro lugar, Moraes realmente não teria tido a intenção de vazar uma operação da Lava Jato. E que sua demissão seria uma admissão de culpa do governo e traria, de vez, o foco do dia para o Planalto.

Temer queria se encontrar pessoalmente com Moraes, mas o ministro só chega a Brasília nesta terça (27). O presidente decidiu que terá conversa particular de "enquadramento" com todos os ministros que têm dado declarações "desastrosas".

Além de Moraes, estão na lista Geddel Vieira Lima (Secretaria de Governo), Ricardo Barros (Saúde) e Ronaldo Nogueira (Trabalho).

Depois, Temer estaria disposto a não ter mais tolerância com esses ministros. Segundo interlocutores, dois nomes da lista já estariam na "marca do pênalti" e correm risco de demissão em caso de reincidência: o próprio Moraes e Ricardo Barros.

O Ministério da Justiça resolveu divulgar, nesta segunda (26), o vídeo do momento em que o ministro dá a declaração. As imagens foram feitas em Ribeirão Preto (SP) em um evento de campanha do candidato a prefeito Duarte Nogueira (PSDB), do mesmo partido de Moraes.

No vídeo, o ministro aparece entre ativistas de grupos anticorrupção e pró-impeachment e diz a eles que a Lava Jato tem apoio do governo Michel Temer. "Teve [operação] a semana passada e esta semana vai ter mais, podem ficar tranquilos. Quando vocês virem esta semana, vão se lembrar de mim", diz Moraes, em meio a risos.

Não é usual que ministros saibam com antecedência de operações realizadas pela PF.

A ex-presidente Dilma Rousseff disse que o episódio lança suspeitas de uso político da Lava Jato. As liderança do PT na Câmara e no Senado vão apresentar representação ao Ministério Público e à Comissão de Ética da Presidência contra o ministro.

Resolução da ANA não altera cronograma da Transposição na Paraíba, diz ministério

Na semana passada, a Agência Nacional de Águas (ANA) prorrogou o prazo para início da operação da Transposição do Rio São Francisco e a notícia levantou dúvidas sobre como fica a situação de municípios paraibanos que dependem dessa obra para lidar com a seca. No entanto, a população não deve alimentar o medo de ficar ainda mais tempo sem água.

De acordo com o Ministério da Integração Nacional, o cronograma já anunciado pelo governo federal não foi alterado. Ou seja, as estruturas físicas do Eixo Leste, que beneficiará Cariri e Agreste, devem ficar prontas até 15 de dezembro deste ano. A previsão é de que as águas cheguem às casas ao longo de 2017.

Coligação requisita PF para dar tranquilidade no dia das eleições em Guarabira

A Coligação “Guarabira, Cidade do Bem” encaminhou, na tarde desta segunda-feira, 26, ofício à juíza titular da 10ª Zona Eleitoral, Hígia Antonia Porto Barreto, solicitando a presença da Polícia Federal para garantir a tranquilidade no dia da eleição em Guarabira. 

No ofício, a assessoria jurídica da coligação “Guarabira, Cidade do Bem” justifica a solicitação da presença da PF no dia 2 de outubro em Guarabira, dizendo que a Polícia estadual “tem apenas atuação supletiva”. O documento é assinado pelo advogado Fábio Mariano.

Em seguida, o documento expõe que a presença da Polícia Federal em solo guarabirense no dia do pleito daria suporte ao “brilhante trabalho” executado pela Justiça da 10ª Zona Eleitoral.

Ex-ministro Palocci é preso em nova fase da Operação Lava Jato

O ex-ministro Antonio Palocci foi preso na manhã desta segunda-feira (26) em nova fase da Operação Lava Jato. Palocci foi ministro durante o governo de Dilma Rousseff e Lula. A PF (Polícia Federal) expediu 45 mandados judiciais, sendo 27 de busca e apreensão, três de prisão temporária e 15 de condução coercitiva. A 35ª fase acontece em São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Bahia, Mato Grosso do Sul e no Distrito Federal. 

Suspeitas contra o ex-ministro surgiram na delação da Lava Jato. O ex-diretor de abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa disse que Alberto Youssef pediu R$ 2 milhões da cota de propinas do PP para a campanha da então candidata Dilma Rousseff em 2010. O pedido, segundo a delação, teria sido feito por encomenda de Palocci.

Nesta fase da operação Lava Jato são investigados indícios de uma relação criminosa de Palocci com o comando da Odebrecht. Segundo a PF, o investigado principal atuou diretamente como intermediário do PT e a empreiteira.

Além disso, a PF diz que “há indícios de que o ex-ministro atuou de forma direta a propiciar vantagens econômicas ao grupo empresarial nas mais diversas áreas de contratação com o poder público, tendo sido ele próprio e personagens de seu grupo político beneficiados com vultosos valores ilícitos”.

Dentre as negociações identificadas pela investigação, foi possível delinear as tratativas entre o grupo e o ex-ministro para a tentativa de aprovação do projeto de lei de conversão da MP 460/2009, aumento da linha de crédito junto ao BNDES para país africano com a qual a empresa tinha relações comerciais, além de interferência no procedimento licitatório da Petrobras para aquisição de 21 navios sonda para exploração da camada pré-sal.

Outro núcleo da investigação apura pagamentos efetuados pelo chamado "setor de operações estruturadas" do Grupo Odebrecht para diversos beneficiários que estão sendo alvo de medidas de busca e condução coercitiva. São apuradas as práticas, dentre outros crimes, de corrupção, associação criminosa e lavagem de dinheiro.

O criminalista José Roberto Batochio, defensor de Palocci, afirma que o ex ministro nunca recebeu vantagens ilícitas. Batochio disse que ainda não tem detalhes sobre os motivos da prisão de Palocci.

Na semana passada, outro ex-ministro foi alvo da Lava Jato. Guido Mantega teve a sua prisão temporária pedida pelo juiz Sérgio Moro, passou parte da manhã e começo da tarde na sede da Polícia Federal, no bairro da Lapa, zona oeste da capital, mas teve o pedido de prisão revogado por Moro após saber que a detenção de Mantega fora feita enquanto ele acompanhava a mulher no hospital.